Postagens

Mostrando postagens de Setembro 14, 2008

Trânsito mata em média 4,3 pessoas por dia em São Paulo

Imagem
por Diego Zanchetta e Rodrigo Brancatelli, de O Estado de S. Paulo Todos os dias, de segunda a segunda, mês a mês, o trânsito de São Paulo mata em média 4,3 pessoas e fere com alguma gravidade pelo menos outras 72. Uma "epidemia" que, na cidade, faz mais vítimas fatais que aids, insuficiência cardíaca, miocardiopatias, insuficiência renal, doenças de sangue e tuberculose e é quase idêntica às mortes por doenças do sistema nervoso ou mesmo homicídios. São 2 pedestres, 1,3 motociclista, 0,8 condutor/passageiro e 0,2 ciclista mortos. Todos os dias. Em 2007, exatas 1.566 pessoas perderam a vida no trânsito paulistano, um aumento de 5,3% em relação a 2006. Foram 736 pedestres, 281 motoristas e passageiros, 466 motociclistas e 83 ciclistas - para efeito de comparação, 4 mil soldados americanos morreram na guerra do Iraque ao longo de cinco anos de combate. Em todo o Reino Unido, morrem 8 pessoas por dia, por causa do trânsito. Em Nova York, 0,7.Comparando 2006 com 2007, os motocic…

Verme pode ajudar a tratar artrite reumatóide

Imagem
Uma molécula secretada por vermes do tipo nematóide pode ajudar no desen volvimento de um tratamento mais eficaz para tipos de artrite com inflamação.Os vermes nematóides são os causadores da elefantíase e segundo os especialistas, a molécula ES-62 já circula no sangue de milhões de pessoas infectadas com o verme nos trópicos.A equipe de cientistas, das universidades de Glasgow e Strathclyde, afirma que doenças auto-imunes, como artrite reumatóide e esclerose múltipla tendem a ser raras em países onde infecções provocadas por vermes são endêmicas.Eles acreditam que a molécula ES-62 pode ser chave na prevenção dessas doenças e pretendem produzir uma derivativa sintética da substância que poderia ser usada para combater artrite reumatóide.Segundo os especialistas, a presença da molécula ES-62 no organismo não provoca efeitos colaterais e nem inibe a habilidade de as pessoas infectadas lutarem contra outras infecções.Iain McInnes, um dos pesquisadores envolvidos no projeto, disse que a m…

Mais de 900 milhões de pessoas passam fome no mundo, diz ONU

Imagem
da Folha Online O número de pessoas com fome no mundo subiu de 850 milhões para 925 milhões em 2007, por causa da disparada dos preços dos alimentos, anunciou nesta quarta-feira em Roma o diretor da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Jacques Diouf."O número de pessoas subnutridas antes da alta dos preços de 2007-2008 era de 850 milhões. Este número aumentou durante 2007 em 75 milhões, alcançando os 925 milhões", declarou Diouf em audiência nas Comissões das Relações Exteriores e de Agricultura do Parlamento italiano.O índice FAO dos preços dos alimentos teve aumento de 12% em 2006 em relação ao ano anterior, de 24%, em 2007, e de 50%, durante os sete primeiros meses deste ano, acrescentou Diuf."É preciso investir US$ 30 bilhões por ano para duplicar a produção de alimentos e acabar com a fome", acrescentou. Diouf afirmou que "o desafio é de grandes proporções e é necessário dar de comer a 9 bilhões de pessoas em 2050".…

Cibercultura cria um mundo sem fronteiras

Imagem
Que as novas tecnologias e os dispositivos criados a partir dela estão criando uma reconfiguração da sociedade não é uma nova informação. No entanto, pensar o que esse fenômeno está fazendo com a sociedade, de que forma essa reconfiguração está se dando é algo ainda que está sendo adaptado pelas grandes empresas midiáticas. Elas, que tinham o grande poder de informar, hoje precisam ceder espaço e aprender a trabalhar conjuntamente com esses dispositivos, porque perderam, junto com os formadores de opinião, o papel de mediação. Segundo o professor André Lemos, “o telefone celular, os laptops e os palmtops servem hoje como dispositivos de produção e distribuição da informação dentro do espaço urbano. Isso irá alterar os traçados das cidades, a forma como os arquitetos estão hoje construindo os prédios e criando zonas de acesso à informação nas redes”. A IHU On-Line conversou com ele por telefone sobre a sociedade transformada pela internet, pela web 2.0, pela comunicação digital.André …

Infarto é mais comum às segundas de manhã, aponta estudo

por FÁBIO GRELLET e MARCELA FONSECA, do AgoraUm ditado popular afirma que "a morte não tem hora marcada", mas pesquisas indicam que ao menos o infarto --uma das principais causas de morte no Brasil-- tem dia e hora. Boa parte deles ocorre às 9h de segunda-feira.O Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (313 km de SP) analisou as 173.982 mil internações motivadas por distúrbios cardiovasculares em 37 hospitais da região, de 1987 a 1996. Dessas, 5.804 foram casos de infarto, dos quais 981 (16,9%) ocorreram numa segunda-feira. Se o número de casos fosse distribuído igualmente pelos sete dias da semana, em cada um ocorreriam 14% dos infartos. Segunda-feira também foi o dia que registrou o maior número de internações por doenças cardiovasculares, com 19,3% dos casos."O infarto é mais comum às segundas-feiras devido ao estresse produzido pela mudança do ritmo: a pessoa passa o final de semana relaxada, divertindo-se e longe das preocupações e, na segunda, tem de enfrentar tod…

Brasil tolera violência policial, diz ONU

Imagem
Relatório divulgado ontem aponta que, no país, os policiais estão por trás de "uma significativa proporção dos homicídiosPara o relator, há pouco alarme em relação à violência policial porque a maioria admite que a lei é pouco para combater o crime
MARCELO NINIO
DE GENEBRA
Relatório da ONU divulgado ontem ataca as políticas de segurança do Brasil e chama a atenção para a violência policial e "as execuções extrajudiciais" no país, que, diz o estudo, tem um dos índices de homicídios mais altos do mundo.O relator Philip Alston, autor do documento, inspecionou o Brasil por dez dias em novembro de 2007, quando esteve com autoridades e ativistas e visitou favelas e presídios. Sua conclusão é a de que a violência policial é tolerada pelos governantes e por boa parte da população. Sua principal crítica é em relação às mortes de pessoas já rendidas por policiais. "O assassinato não é uma técnica aceitável nem eficaz de controle do crime", condena Alston.De acordo com…

Fotos mostram corpos de guerrilheiros do Araguaia

Imagem
Os corpos de João Carlos Haas e de outro guerrilheiro são observados pelo soldado Vantuir (esq.), pelo sargento Perez e um médico
SERGIO TORRES
ENVIADO ESPECIAL DA FOLHA A PATROCÍNIO (MG)

Jamais encontrados, os corpos de dois guerrilheiros do Araguaia estiveram em poder de militares, revela uma seqüência de fotos cujos negativos foram obtidos pela Folha. As fotografias mostram três homens do Exército junto aos cadáveres. Elas exibem ainda a chegada do helicóptero militar que os tirou da selva, a arrumação dos cadáveres em lonas e a partida do helicóptero.

Um dos corpos seria do médico João Carlos Haas Sobrinho, um dos líderes da guerrilha do PC do B. O outro cadáver não está identificado. É possível que seja do guerrilheiro Ciro Flávio Salazar de Oliveira, morto no mesmo combate que vitimou Haas, em 30 de setembro de 1972. Parte das fotos não é inédita. Algumas já foram publicadas em livros e na imprensa nos últimos 20 anos, mas de forma isolada, sem o encadeamento proporcionado pelos…

Banda larga no Brasil é uma das piores do mundo

Imagem
A qualidade da internet banda larga (rápida) no Brasil está entre as piores no mundo e é insuficiente para atender as necessidades dos usuários que usam hoje os aplicativos da web. Segundo estudo com 42 países, a internet brasileira só é melhor que o serviço de quatro nações. Somente Chipre, México, Índia e China oferecem um serviço inferior ao brasileiro.A internet rápida no Brasil não é considerada adequada hoje para ver vídeos em sites como YouTube, baixar pequenos arquivos e navegar pela rede, mostra a pesquisa feita para a Cisco pelas universidades de Oxford (Reino Unido) e Oviedo (Espanha). O estudo, publicado ontem no exterior, deve ser divulgado com mais detalhes sobre o Brasil na segunda-feira.A pesquisa leva em conta a velocidade do acesso, os atrasos na rede e a perda de dados e, a partir desses dados, dá uma nota para o serviço de banda larga de cada país. "Nós estamos olhando para a qualidade, não para a penetração", afirmou, em nota, Fernando Gil de Bernabé, di…

Fumo ajudou a eleger 13 congressista

Imagem
MARIA CLARA CABRAL, da Sucursal de Brasília da FolhaA atual ofensiva contra o tabagismo enfrenta, no campo de batalha da legislação, o lobby da indústria do fumo. Só na última eleição, em 2006, a indústria do fumo aplicou R$ 1,7 milhão em campanhas de candidatos.E o interesse das empresas do fumo na política aumentou consideravelmente se comparado com a eleição anterior, quando as empresas fabricantes de cigarros ou produtoras de fumo doaram apenas cerca de R$ 255 mil.Do montante doado no último pleito, cerca de R$ 750 mil ajudaram a eleger congressistas. Entre os 102 candidatos a cargos federais -deputados e senadores- que receberam doações, 13 conseguiram chegar ao Congresso.
Lá eles poderão ter que analisar mais de 20 projetos que tramitam sobre o assunto. As propostas tentam, por exemplo, proibir o motorista de fumar no carro ou ainda proibir o cigarro em locais onde se pratica esportes.
Um outro texto, também de âmbito nacional e que está pronto para ser votado no plenário d…

Ex-militares confirmam torturas no Araguaia

por Marcelo Auler, do Estado de S. PauloDez ex-recrutas do Exército que participaram da Guerrilha do Araguaia entre 1972 e 1975 confirmaram, em depoimentos à Comissão Nacional de Direitos Humanos do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a execução de guerrilheiros pelos militares, assim como a prática de tortura não apenas contra os inimigos, mas também de civis. Nos depoimentos, esses ex-soldados denunciaram ter sofrido maus-tratos e sevícias nos treinamentos recebidos.

Falaram ainda da cooptação de índios pelas Forças Armadas para localizar membros do PC do B na selva. Mas não esclareceram o maior mistério do caso: a localização dos corpos dos guerrilheiros mortos.

"Trata-se de um fato diferenciado, que é a confissão de agentes do próprio Estado", diz o presidente nacional da OAB, Cezar Britto, sobre os documentos que a Ordem encaminhou, em março passado, ao Superior Tribunal Militar (STM). "Não são depoimentos de vítimas do ato, mas de quem confess…