Postagens

Mostrando postagens de Abril 26, 2009

Bento 16 já está com 82 anos. Quem é o próximo da fila?

Imagem
por John L. Allen Jr., do site National Catholic ReporterTendo recém celebrado o seu 82º aniversário, o Papa Bento XVI parece ser a prova viva de que as máquinas alemãs são, de fato, construídas para durar. O pontífice mostra poucos sinais de perda de vitalidade, e, como resultado, há poucos rumores sobre possíveis sucessores.As poucas listas de papáveis, possíveis futuros papas, que estão circulando parecem recicladas do final do reinado de João Paulo II. O site de apostas irlandês Paddy Power, por exemplo, inclui o cardeal AngeloScola, de Veneza, na Itália, como o favorito, com 6-1 [uma de cada seis apostas]; Oscar RodríguezMaradiaga, deHonduras, com 7-1; Christoph Schönborn, da Áustria, com 8-1; e Jorge Mario Bergoglio, da Argentina, com 9-1. O cardeal nigeriano Francis Arinzeestá empatado com os italianos Dionigi Tettamanzi, de Milão, e Tarcisio Bertone, o secretário de Estado do Vaticano, com 10-1. Todos foram considerados finalistas da última vez, mas só Bergoglio teve força suf…

O sexo era um crime irresistível

Imagem
por Arnaldo Jabor, para o Estado de S.PauloMuitos leitores talvez não saibam que eu também sou cineasta. Não filmo há 18 anos, mas, agora, vou começar mais um... (mais um "abacaxi" - dirão meus inimigos). Pois, vou. Chama-se A Suprema Felicidade e se passa no fim dos anos 50, no Rio. Um pouco autobiográfico, mostra a formação de um menino dos 8 aos 20 anos, dividido entre a família deprimida e a cidade florida de música e alegria (ainda havia o Rio delicado e poético). Nas próximas semanas vou contar de novo, como há dez anos, alguns episódios que inspiraram o filme que faço agora, como as cenas em um colégio de jesuítas onde estudei, eu e o "herói" deste Amarcord carioca."Eu pratiquei o vício solitário..." Era assim que os meninos sussurravam nas sombras do confessionário. ("Masturbação" é uma feia palavra bombeadora que veio depois.) "Vício solitário" evocava uma tristeza doce e humilhante.Lembro-me bem dos jovens padres tontos de te…

Eu 'twitto', tu 'twittas'... e daí?

por Tarso Araujo, da Folha de S.PauloMas dois anos, oito meses e milhões de usuários depois, as pessoas usam esses pequenos textos para muito mais do que falar da sua vida."Eu já usei o Twitter para prever o tempo", diz Vinícius Alves, 22, conhecido no site como @v_fox (a arroba é usada antes do "nick" para identificar os usuários).Estudante de administração, ele saía para a aula quando uma amiga que mora ao lado do campus, do outro lado da cidade, escreveu no Twitter: "Começou a chover".Apesar do sol, saiu de guarda-chuva. E não deu outra. "Cheguei lá e estava chovendo mesmo", diz. Fugir da chuva só foi possível graças a uma das principais características doTwitter: o imediatismo.É dessa comunicação em tempo real que depende também o que, provavelmente, é a principal utilidade do serviço."Ele é perfeito para quem gosta de saber tudo que acontece na mesma hora", diz Tessalia de Castro, 22, a @twittess, mulher mais popular do Twitter no…

Darwin: um pacato com uma colossal inteligência

Imagem
por Rosa Montero, para o El País Espero que o aluvião de textos que o centenário de nascimento de Darwin propiciou não canse os leitores até fazer com que pensem que esse homem era um chato. Mesmo que, em nível pessoal, pode ser que ele fosse um pouco cansativo. Um tipo meticuloso, lento, ensimesmado; um homem muito desejoso de agradar a todo o mundo e para quem a respeitabilidade social era um valor essencial.Mas, dentro dessa carcaça de pacata e conservadora probidade, como uma pérola dentro de sua ostra, havia uma inteligência colossal, que jamais se rendia, uma curiosidade libérrima, una honestidade pura como poucas, porque, no final, a pérola acabou destruindo tudo o que a ostra era, e a ostra, mesmo sabendo disso, aceitou a imolação.Pode-se intuir algo dessa dualidade na sua "Autobiografia" (Editora Contraponto, 2000), um livrinho de uma centena de páginas que o sábio escreveu em sua velhice e que, depois, ao ser publicado postumamente, sofreu uma poda radical por part…

A revolução Twitter

Imagem
Dias depois, o prefeito de São Francisco, Gavin Newsom, anunciou sua candidatura ao governo da Califórnia em 2010 via Twitter: ele tem 290 mil amigos ligados no serviço enquanto sua rival, a republicana Meg Whitman, ex-presidente da E-bay (site de leilões), tem apenas 940 (pontopara Newsom!).E olha que N e w s o m nem chega perto do ator Ashton Kutcher, que bateu a poderosa CNN ao tornar-se o primeiro a ter 1 milhão de amigos no Twitter. O ator pediu doações pelo serviço para a campanha contra a malária e conseguiu levantar US$ 100 mil em um dia para o combate da doença na África. Sua mulher, a atriz Demi Moore, salvou uma garota que pretendia suicidar-se convocando sua rede de amigos pelo Twitter para ajudá-la. Todas essas histórias mostram o poder dessa pequena palavra inglesa de sete letras que está mudando o jeito de mobilizar pessoas.— A maioria dos americanos acreditava que a malária estava erradicada e o sucesso da campanha de Kutcher se deve ao fato de que a mensagem é curta …