Postagens

Mostrando postagens de Julho 18, 2010

Demonstrar a raiva tem seu lado bom

Imagem
ensaio do NYT

Milhões de pessoas vivem ou trabalham com outras que são irritantemente calmas. O sangue-frio tem seu valor, especialmente em momentos de crise; mas o mesmo pode ser dito de Sigmund Freud, que descreveu as desvantagens potenciais da repressão das paixões. Fique furioso, nem que seja só uma vez, e veja o que acontece.

"Uma razão pela qual ficamos tão sintonizados com as emoções de outros é que, quando a emoção é real, ela nos revela algo valioso sobre o que importa para aquela pessoa", disse o psicólogo James J. Gross, da Universidade Stanford.

Quando a emoção é reprimida ou moderada, acrescentou, "as pessoas pensam: 'Você não é como nós'".
O estudo rigoroso daquilo que os psicólogos chamam de emoção é bastante novo e, por razões óbvias, tem sido muito mais voltado às paixões desenfreadas que às emoções amansadas. Afinal, é o descontrole emocional que define muitas desordens mentais.

Mas o funcionamento social é algo distinto. Pesquisas constata…